Usina de Letras
Usina de Letras
14 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61958 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3235)

Ensaios - (10261)

Erótico (13560)

Frases (50368)

Humor (19994)

Infantil (5390)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->DE PURA MALDADE -- 23/08/2002 - 13:55 (ALEXANDRE FAGUNDES) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Quero ser de pura maldade!

De puro veneno.;

De intriga pura.;

De cachaça ruim.;

De cigarro falso.;

De todo vício lamentável.



Quero ser de divórcio litigioso.

Quero ser de luto fechado.

Quero ser de vingança injusta.

Ser da mais cruel traição.

Ser da mais destrutiva maledicência.

Ser de tudo que é coisa ruim.



Quero ser disso tudo que é pequeno!

Disso tudo que revolta e entristece.

Dessa coisa feia que envergonha.

Dessa massa fria que não alimenta.

Dessa miséria humana que é só decadência.

Desse desencanto que é mapa preciso para as tumbas escuras.



Arre! Estou farto de verter água salgada!

Estou cheio de andar vazio pelas noites sem lua.

Estou cansado do fedor da minha alma morta.

Estou lutando feito qualquer bárbaro.

Estou querendo em mim toda a iniqüidade do viver.

Estou buscando a autodifamação mais eficiente.



Tudo por culpa sua.

Tudo por causa do seu descaso.

Tudo por força da tua fraqueza.

Você saiu e deixou esse inferno aceso em mim.

Sim, quero em mim toda maldade...

E, quem sabe, afugentar essa maldita saudade.



________________________________________________



SE VOCÊ GOSTOU DESSA POESIA, LEIA “INFERNO EM MIM”, “CONTRA A MARÉ”, “RANCOR” E “FIM DE CASO”, DO AUTOR ALEXANDRE FAGUNDES

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui