Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10254)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5387)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->PAGUE & PEGUE -- 08/01/2008 - 17:25 (ANTONIO LUIZ MACÊDO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
PAGUE & PEGUE

Antonio Luiz Macêdo



Dentre os segmentos relacionados com as ciências do pensamento humano, aquele que estacionou, ou porque não dizer, involuiu, as seitas destacam-se como elementos principais por exercerem um proselitismo acorrentado a uma moral capenga e de uma ética murcha e duvidosa. Apesar de desfilarem templos em cada esquina, à moda de botequins, vivem a ameaça, retiram a liberdade, e estabelecem a filosofia hedionda do “toma lá, dá cá”.



Dentro deste comércio mercantilista da fé, toma lugar de destaque a menina dos olhos do “bispo”(com letra minúscula), fonte de renda invejável, de tetas mais que producentes de uma moeda denominada “dízimo”. Proporcional aos rendimentos mensais de cada fiel, extorque de ricos, pobres e miseráveis o que lhes cabe “pagar” em troca de benesses espirituais estapafúrdias e mentirosas.



A teologia da prosperidade, antibíblica e anticristã na forma da embalagem, não passa de um embuste pernicioso que leva por intermédio de uma lavagem cerebral escusa, à síndrome do pânico do inferno, por serem infiéis no pagamento.



Outrossim, numa jogada de marketing alienante e alienadora, impõe slogans espalhados em out-doors, conclamando todos a seguirem a sua ordem, como se fossem encabrestados pelo cabresto curto do domínio e da petulância.



Em breve as suas portas estarão abertas 24 horas por dia, à semelhança de supermercados e shoppings. Os fiéis serão transformados em clientes, podendo adquirir as mercadorias necessárias para nutrir sua esperança que nunca passará de simples esperança, nada mais. Entre outros produtos estarão à venda o kit FE, constituído de palavras de fé e esperança, que realizam a mágica transformadora em tudo o que você quiser; o kit prosperidade lhe dá um carro zero km; o kit prosperidade multi, além do carro lhe proporcionará uma casa de praia; kit anti-sofrimento com vacinas e similares; kit salvação, o mais procurado de todos, e também o mais caro; kit “pastores”, com a assinatura dos 314 que horam (fazem hora) com você; kit água do Jordão (água de Campos do Jordão); kit fogueira de Israel (você paga as cinzas que poderia recolher na padaria); e muitos outros artigos, como o kit empresários (como doar sua empresa e ser feliz).



Tome dízimo e tome emissoras de TV; tome dízimo e tome emissoras de rádio; tome dízimo e tome revistas; tome dízimo e tome jornais; tome dízimo e tome deputados e senadores.



A filosofia monetária do “pastor” não deixa brechas. Filosofia onde o mercantilismo barato tem cheiro de usurpação e gosto de extorsão. Cheire se quiser, coma se puder. A intoxicação espiritual é por sua conta. Depois não diga que eu não avisei.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui