Usina de Letras
Usina de Letras
27 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->UMA ANTOLOGIA DE 48 POETAS LATINOS CONTEMPORÂNEOS -- 21/11/2001 - 03:25 (ARICY CURVELLO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




A cidade em que se edita uma revista literária deixa as marcas indeléveis de sua presença . Algo da cidade francesa de Nantes transparece em Jalons , publicação trimestral de poesia , cujos editores são o poeta Jean-Paul Mestas e sua esposa, a artista plástica Christiane .



Nantes, uma cidade gaulesa muito antiga, já era diocese católica no século IV . Em sua longa história , foi a capital e a residência dos duques da Bretanha , até que toda a região foi finalmente anexada à Coroa da França (1524) . Situada próxima à foz do rio Loire no Atlântico, expandiu-se através de atividades marítimas a partir do século XVI , atingindo seu apogeu no século XVIII . Foi durante tempos o mais importante porto francês, enriquecido por seu comércio triangular com a África e o Caribe . Nantes e sua economia foram duramente atingidas pela Revolução de 1789 e o Império . No século XX, o fim do colonialismo francês arruinou seu comércio . E´ hoje a sede da região do Vale do Loire, onde se encontram os castelos mais belos de várias épocas da história da França . Capital do Departamento do Loire-Atlantique, seu grande porto fluvial ainda é a base de seu desenvolvimento econômico, apesar de haver a cidade se tornado em um importante centro de prestação de serviços e de ensino universitário .



Parte do que sobreviveu desse longo passado tem características semelhantes às de cidades portuárias como Sevilha e Lisboa, que se destacaram no intenso comércio marítimo desencadeado pelas grandes navegações e descobrimentos dos séculos XV , XVI e XVII . Ar de familiaridade que se encontra em algumas velhas igrejas e logradouros, em móveis, em museus e em outros vestígios , tanto em Sevilha, Nantes e Lisboa , quanto nas cidades que as suplantaram em alguma época, a exemplo de Marselha, Cádiz , Barcelona .



Tem-se a impressão de que tais cidades conservam algo das cores, aromas e brisas da América tropical e da África .



Jean-Paul Mestas , ilustre poeta francês, tem-nos demonstrado ser amigo de nosso país, que já visitou algumas vezes . Sua revista de poesia , Jalons , mantém uma seção para autores do Brasil , o Domaine Brésilien , uma lufada de nosso ar em pleno noroeste da França . Como se não bastasse, ele divulga nossa poesia por meio de poemas que traduz e estampa não apenas em Jalons como ainda em outras publicações francesas .



Divulga poetas que já conquistaram algum renome , como é entre outros o caso de Renata Pallotini , ao invés de deter-se apenas em nomes já consagrados ou em ascensão como o de Stella Leonardos . Mestas dedica não pouco tempo de suas atividades a selecionar textos de autores pouco conhecidos e dos novos que surgem . Trabalho de paciência, de sábio, de apaixonado .



Nossa dívida com Jean-Paul Mestas ameaça crescer bastante , deixando-nos sem possibilidade de saldá-la ou mesmo de diminuí-la . Em seu mais atual cometimento, organizou uma mostra de 48 poetas latinos contemporâneos, por ele traduzidos , em edição Português/Francês . A Universitária Editora , de Lisboa, lançará a obra, em breve, no mercado europeu .



A seleção de Jean-Paul Mestas reúne doze poetas do Brasil, doze de Portugal, doze da França, doze da Itália . São os seguintes os brasileiros por ele selecionados e traduzidos : Alice Spíndola ( Goiás) , Aricy Curvello ((Minas Gerais), Dilercy Aragão Adler ( Maranhão) , Elisabeth Rennó ( Minas Gerais), Iacyr Anderson Freitas ( Minas Gerais), Luísa Josefina Varaschin (Rio Grande do Sul), Matias Mendes ( Rondônia), Nilto Maciel ( Brasília), Osvaldo André de Melo (M.Gerais), Rosani Abou Adal ( São Paulo), Selmo Vasconcellos ( Rondônia), Stella Leonardos ( Rio de Janeiro) .





Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui