Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
90 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57262 )
Cartas ( 21179)
Contos (12592)
Cordel (10121)
Crônicas (22215)
Discursos (3138)
Ensaios - (9040)
Erótico (13409)
Frases (43993)
Humor (18552)
Infantil (3825)
Infanto Juvenil (2772)
Letras de Música (5473)
Peça de Teatro (1319)
Poesias (138435)
Redação (2934)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2403)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4931)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Não ria, sorria -- 12/07/2007 - 22:47 (AROLDO A MEDEIROS) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Não ria, sorria



Se seu pai está cambaleando, bêbado, tropeça e cai (doença), dê-lhe a mão e não ria dele.

Se ele não sabe multiplicar uma conta de três algarismos (incompetência), ensine-o e não ria dele.

Se ele não consegue montar uma pipa (impotência), monte junto com ele e não ria.

Rir do doente, do incompetente e do impotente, machuca, dói, e dói muito.

A pessoa se sente o último dos últimos. Sente que está entre o taco e o carpete.

Se você está rindo é porque você se sente superior. Sentindo-se assim você está competindo com a pessoa que você deveria copiar as coisas boas e mostrar-lhe as coisas ruins que ele faz e prejudica a sua saúde, como cigarros e bebidas. Isso não é mais do que briga de egos, um quer ser melhor do que o outro.

Faça o seguinte: não ria, o mundo fica triste. Sorria, o mundo fica mais alegre.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui