Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
71 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57105 )
Cartas ( 21170)
Contos (12601)
Cordel (10092)
Crônicas (22212)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43753)
Humor (18484)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2716)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4889)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Frases-->Filosofias do Martinho da Vila 1ª parte -- 30/11/2008 - 22:34 (AROLDO A MEDEIROS) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Filosofias do Martinho da Vila 1ª parte

Pesquisa feita por Aroldo Arão de Medeiros
Extraídas de todos os discos e CDs do Martinho
21/01/02


1 A beleza é a missão de todo artista.
2 A expressão do olhar traduz o sentimento.
3 A minha amada quando está bem-humorada logo se esconde debaixo do cobertor.
4 A moça namoradeira pelo andar se conhece.
5 A morte é certa, depois não sei.
6 A paciência sempre Lutherkingueando.
7 A saudade me maltrata e a saudade me conforta.
8 A tua alma-gêmea não tem par, porque és ímpar.
9 A verdade é verdadeira e a mentira é mentirosa.
10 A vida é um segmento de reta sinuoso.
11 A vida, menina, só é bonita pra quem sabe amar.
12 Admiro medroso sem medo.
13 Ai, que pena de quem borda o mal. Se aconselha ao menos um dedal.
14 Bala de canhão e bombas de troco.
15 Bom cerzideiro jamais cose sem amor.
16 Braço que embala o amado é o mesmo que embala a criança.
17 Caipirinha não é aguardente.
18 Carioca é quem sabe viver no Rio de Janeiro.
19 Cautelosamente sem cautela.
20 Como é suave a brisa me beijando.
21 De avião é daqui pra ali, pela estrada é de lá pra cá.
22 Deixei meu lugar para ma cariocar.
23 Dentro de alguém ninguém mora.
24 Dinheiro, pra que dinheiro? Se ela não me dá bola.
25 Distraidamente distraído.
26 E a Nossa Rio de Janeiro, tão bonita. Maravilhinda.
27 É certo que a tristeza não se deve cultivar.
28 E minha única alegria é ver meu Vasco jogar.
29 E no leito é totalmente sem preconceito.
30 E os tornozelos adornam seus pés.
31 É pequenina e gostosa como banana nanica.
32 E se a morte é um descanso eu não quero descansar.
33 É sensual, mas é coisa de Deus, o samba.
34 É sonho ver um dia a música e a poesia sobreporem-se às armas.
35 É uma festa pros olhos teu corpo moreno.
36 Ela é a terra virgem, eu semente de paixão.
37 Ele pegou do branco a paz maior.
38 Em casa de batuqueiro só quem fala alto é viola.
39 Em qualquer lugar, onde quer que eu vá, eu sou brasileiro.
40 Em terra de cego quem tem um olho é caolho.
41 Em você dependurado, qual roupa no quarador.
42 Está tão alegre como a solidão.
43 Está tão certo como a incerteza.
44 Está tão pura como a impureza.
45 Está tão rica como a pobreza.
46 Eu chamo de carambola, moça bonita e sapeca.
47 Eu não quero as crianças roubando, as veinhas esmolando uma xepa na feira.
48 Eu não quero esse medo estampado na cara duns negos sem eira nem beira.
49 Eu quero me esconder debaixo dessa sua saia pra fugir do mundo.
50 Eu quero ser exorcizado pela água benta desse olhar infindo.
51 Eu só choro pela vitória, pela beleza e quando estou feliz da vida.
52 Eu só não entendo gente brigando, se odiando depois do amor.
53 Eu sonhava nadar na saliva do mar da sua boca.
54 Eu sou da guerra pela paz.
55 Eu tenho os braços mais abertos que o Cristo Redentor.
56 Foi tão aderente, sua boca quente, num corpo suado.
57 Futebol é a maior diversão.
58 Gente burra me irrita.
59 Gente com medo de Jesus e adorando satanás.
60 Há quem acorda sorrindo e na mesma manhã também chora.
61 Há tanta ternura numa tarde noite.
62 Homem que é homem não chora, quando a mulher vai embora.
63 Já vem raiando o dia e a lua vadia ainda passeia no céu.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui