Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
67 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57096 )
Cartas ( 21170)
Contos (12597)
Cordel (10090)
Crônicas (22210)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43744)
Humor (18481)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2712)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138305)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4888)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SEGREDOS ESTONTEANTES DA VIDA -- 09/07/2002 - 00:48 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




SEGREDOS ESTONTEANTES DA VIDA



Jan Muá

9 de julho de 2002







Nem sempre o Poeta encontra uma ninfa no topo de uma nascente

Como nem sempre na vida se cruza com o olhar de uma ninfa



Sem a miragem de uma ninfa

A vida ou o lugar de uma nascente se tornam ermos e sombrios

O sol se esgueira silencioso

A água brota calada e sem graça

E vai se acumulando na espera de uma voz



No dia da ninfa a água brota em movimento alegre

Canta e corre atlética por entre pedras, plantas e flores

Se agarrando sensualmente ao leito

Em coreografias ágeis e animadas mostrando a alegria de ser água!







Jan Muá

09 de julho de 2002
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 74Exibido 658 vezesFale com o autor