Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
97 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57766 )
Cartas ( 21192)
Contos (12688)
Cordel (10207)
Crônicas (22325)
Discursos (3143)
Ensaios - (9126)
Erótico (13426)
Frases (44571)
Humor (18706)
Infantil (3973)
Infanto Juvenil (2911)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138411)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5041)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O Poeta faz verso de repente -- 14/11/2002 - 10:17 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O poeta faz verso de REPENTE
Dantas, em 25/05/2002

É preciso ter forte vocação
equilíbrio, coragem, agilidade
e no processo ter criatividade
pra fazer uma bela descrição
aplicar rima, métrica e oração
a cadência e as notas musicais
conhecer os diversos rituais
e na viola tocar fluentemente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais

É preciso mais desenvolvimento
numa festa, num palco ou numa escola
dedilhando nos braços uma viola
com a força maior do pensamento
é preciso ter bom conhecimento
sobre todos os assuntos atuais
conhecer as lições gramaticais
para ser tarimbado e competente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais

Cantador dá um giro pelo mundo
procurando as imagens que é preciso
retirando as palavras do juízo
pra fazer a estrofe num segundo
realiza um trabalho mais profundo
ilustrando as idéias geniais
do mais simples aos temas especiais
aumentando o prazer de toda gente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais

O prazer do artista é revelar
o trabalho da sua inspiração
destacando a melhor informação
para o povo poder apreciar
que é preciso fazer e divulgar
versos bons sobre as coisas naturais
os costumes, as classes sociais
o passado, o futuro e o presente.....
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais.

Cresce o brilho na alma do poeta
quando vê seu trabalho publicado
resultante do verso elaborado
alcançando na vida a grande meta
sua fama, no mundo, se projeta
pelos rádios, TVs e nos jornais,
nos setores urbanos e rurais,
nas escolas e qualquer um ambiente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais

O segredo que existe é encontrar
as melhores palavras adequadas,
pra, no verso, ficar bem encaixadas
com a rima e saber metrificar;
retocar e no ato apresentar
nos pequenos e grandes festivais
registrar o trabalho nos anais
conferindo a grandeza da patente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais

Dezessete SEGUNDOS repentista (*)
faz o verso completo de dez linhas
nas pelejas pequenas e nas rinhas
revelando o melhor ponto de vista;
mas se for na função de cordelista
necessita de tempo muito mais
dezessete MINUTOS são normais
pra fazer a estrofe equivalente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais

Nesse mundo se vê que o cantador
já possui um acervo, na cabeça,
lhe pedindo um glossário que forneça
as palavras precisas de valor
pra fazer o seu verso com vigor
comprovando, na arte, que é capaz
de mostrar as lições fundamentais
de uma forma veloz e coerente
O poeta faz verso de REPENTE
colocando as palavras principais.

Na melhor ordem coloco
as palavras adequadas
se ficam desencaixadas
cuidadosamente as troco
faço, desfaço e retoco
na melhor combinação
que o dom da perfeição
é justo que se possua.
Todo poeta flutua
Nas Asas da Inspiração.

Em velocidade mil (*)
um vate se desenlaça
seu pensamento ultrapassa
um céu da cor de anil
aparece num perfil
da mais alta posição
formando a composição
na viola que ponteia
Todo poeta passeia
nas Asas da inspiração.

(*) Normalmente levamos, em média, 17 min
para formar uma estrofe da espécie, e
repentista em apenas 17s, ou seja, na velocidade
1.000 na frente (17 minx60s = 1.000s + 17s).
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 718 vezesFale com o autor