Usina de Letras
Usina de Letras
20 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10254)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5387)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Declaração -- 21/04/2002 - 20:03 (André da Silva Galvão) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




Chore mulher,

A vida é triste,

Eu não te amo,

Ninguém te ama,



Quando sentir que sua alma secou,

Quando sentir sua alma livre,

Volte e fale comigo,

Vamos conversar em tristês,



Encontre-se comigo no cemitério,

Vá de luto e sem batom,

Eu vou faltar ao encontro,

Peça ao coveiro um ombro amigo,



Um cachorro vale mais que você,

Enfie sua cabeça em um buraco,

Sinta-se envergonhada,

Sinta-se culpada,



Mate-se com veneno de rato,

Eu não vou chorar por você,

Eu choraria por um rato,

Eu me casaria com você agora...

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui