Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
18 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57389 )
Cartas ( 21182)
Contos (12609)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44151)
Humor (18587)
Infantil (3849)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138551)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Agrura do INSS -- 11/06/2005 - 19:52 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
No sacrifício humano e profissional, para averbar o tempo de serviço (que é o direito seu), temos que peregrinar por todos os lugares que demos a nossa força de trabalho. Se for ao interior, como no meu caso, temos que passar anos “visitando” as cidades, lembrar do nosso regime de trabalho, voltando pelo menos duas vezes, pois sempre tem um problema pendente, como queda no sistema, eleição ou qualquer coisa eles possam usar para não alcançarmos o nosso intuito, sem falar que temos que arcar com a falta no trabalho. Findando isso tudo, para reconhecer o nosso direito e contribuição, acorda cedo e pegamos filas, para nos indispor aos péssimos serviços da maioria dos funcionários do INSS, que têm informações desencontradas, chegando a parecer de propósito.

No meu caso, depois dessa via-crúcis, consegui sobrepujar estes e outros obstáculos, quando fui atendido, faltou somente a carteira de trabalho e dois carnês de autônomo. Mandei uma pessoa entregar sob julgo de uma procuração, atendida por outra funcionária, rejeitou todas as certidões e declarações, que já tinham sido aceitas anteriormente pelo funcionário passado, e o PIOR, riscou TUDO, mandando voltar à todas as cidades novamente para fazer a certidão de outra forma.

Sem ter a quem me queixar, conto com a IMPRENSA para pelo menos divulgar o desserviço que o INSS, presta aos seus contribuintes.



Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui