Usina de Letras
Usina de Letras
21 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Descaso com o Futuro -- 28/08/2002 - 00:30 (Adolfo Henrique) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
As crianças, como se diz há tempos, são "o futuro da nação". Seria óbvio dizer que isso não se restringe à nossa nação, em específico. As crianças são, nesse caso, o futuro do próprio planeta. São portadoras de nossas esperanças de ver um mundo mais digno, pacífico e justo. Mesmo que ainda não estejam cientes dessa difícil tarefa.

Em nosso país, muito se fala a respeito das nossas crianças. Porém, pouco - ou quase nada - se faz de concreto para dar-lhes condições suficientes de educação e saúde. É evidente que me refiro às crianças carentes. Cujos próprios pais - crianças de outrora - não tiveram o que mereciam. Tiveram seus direitos tolhidos, assim como hoje é feito com suas crias. Mesmo que o poder legisvativo insista em criar leis e medidas provisórias de proteção e afirmação dos direitos da criança e do adolescente. Pois tais leis não transpassam do papel. Estão sempre engavetadas. Presas num tipo qualquer de realidade virtual onde tudo são flores. Mas a realidade é amargamente direfente.

Grande parte das crianças sofrem situações das quais, por lei, deveriam estar protegidas. Estatísticas oficiais mostram que ainda é alarmante o número de crianças longe de uma sala de aula. O que leva a maioria a ser escravizada em minas de carvão, semáforos, zonas de prostituição etc.

Para mostrar algum interesse no assunto, o governo lança campanhas e aprova projetos que pouco alteram o quadro. Claro, pois é muito pouco o que se faz. Não é suficiente para nos distanciarmos sequer meio metro da estaca zero.

Disse Olavo Bilac: "Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste! Criança! Não verás nenhum país como este!" É verdade; as crianças jamais verão um país de tamanho descaso com seu próprio futuro.

NOSSO FUTURO É UMA CRIANÇA QUE, DEBAIXO DE UM VIADUTO, CHEIRA COLA PRA ESQUECER A FOME.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui