Usina de Letras
Usina de Letras
58 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60230 )

Cartas ( 21285)

Contos (13379)

Cordel (10346)

Cronicas (22252)

Discursos (3185)

Ensaios - (9657)

Erótico (13515)

Frases (47964)

Humor (19472)

Infantil (4770)

Infanto Juvenil (4108)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139137)

Redação (3095)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5760)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Moralistas, perdoai! (texto erótico de Olavo Bilac) -- 02/03/2005 - 06:53 (CARLOS CUNHA / o poeta sem limites) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos












Moralistas, perdoai!







Nua, mas para o amor não cabe o pejo. Na minha a sua boca eu comprimia e, em frêmitos carnais, ela dizia:



- Mais abaixo, meu bem, quero o teu beijo!



Na inconsciência bruta do meu desejo fremente, a minha boca obedecia. Os seus seios, tão rígidos, mordia, fazendo-a arrepiar em doce arpejo.

Em suspiros de gozos infinitos disse-me ela, ainda quase em grito:



- Mais abaixo, meu bem!



Num frenesi, no seu ventre pousei a minha boca.



- Mais abaixo, meu bem! Disse ela, louca.



Moralistas, perdoai! Obedeci...











CARLOS CUNHA : produções visuais











Se você gosta de dar boas risadas não pode deixar de fazer uma visita as minhas PÁGINAS DE HUMOR. Além de uma grande variedade de boas piadas, vai encontrar nelas quadrinhos, comédias antigas, muitos vídeos engraçados e também um fino humor erótico.











Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui