Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
76 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57372 )
Cartas ( 21181)
Contos (12603)
Cordel (10136)
Crônicas (22255)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44126)
Humor (18583)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2801)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138539)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->As "baianas" e a extorsão. -- 04/09/2004 - 00:30 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




As baianas e a extorsão







Como todos sabem, Salvador é uma das cidades mais visitadas do Brasil, em que estão nos empenhando para que essa vocação turística aumente cada vez mais, pois nem é necessário falar da importância deste setor.

Todos dizem que o motivo de tanto turismo, é a cultura, que é muito rica, suas paisagens arrebatadoras, com uma imensa orla. Mas sempre evidenciam a hospitalidade, que é sempre um diferencial.

Sempre quando passo pelo pelourinho, que é um dos lugares mais visitados da cidade, com seus belíssimos e seculares casarões, sou confundido com turistas, pois o meu tipo físico se difere da maioria dos moradores desta miscigenada cidade. Uma coisa que sempre vem me deixando enojado, é a forma que as baianas, tratam os turistas. Posam junto a eles, em uma alegria contagiante, depois pedem dinheiro. Quando eles dão um real, elas recusam veementemente, dizendo que é muito pouco, pedindo mais. O turista que eu vi, disse que era o suficiente... Contudo ela com uma cara, agora não muito alegre, disse que era muito pouco. Quando ele virou as costas, as duas baianas que estavam nesse cenário, se benzeram olhando-o com desprezo.

Esse fato corriqueiro, me deixa triste, pois muitos turistas vêm isso e passam a fornecer uma propaganda negativa, onde pessoas fantasiadas passam a extorquir turistas. Inclusive, parece que elas tabelam preço, pois quando é filmagem elas cobram muito mais. Esse verídico caso se repete bem na frente da associação das baianas. Será que elas sabem disso? Não deixemos que esses cartões postais, vivos, que é a “Baiana” não se desgastem perante a opinião pública, pois elas sempre são muito importantes para a nossa cidade, contudo não é necessário extorsão, deixem que o turista esteja realmente à vontade na nossa casa, porque assim ele sempre voltará, caso contrário vocês irão posar junto às moscas, que certamente não irão querer pagar absolutamente nada!



Marcelo de Oliveira Souza

marceloosouzasom@hotmail.com
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui