Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
38 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59136 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138240)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Letras_de_Música-->Eu e a vida -- 30/03/2001 - 04:31 (Georgina Albuquerque) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Tempo de um destino
macerado e roto,
envolto
em rudes trapos
de papel azul e roxo.

Ai, a vida!...
eis que já lhe faço
em seda transformada,
a cor de sua estrela
no arco-íris inspirada,
breve infinito,
linda estrada
em tons de anil.

Posso, amiga,
carregar-lhe na importância,
inda que blefe,
fazer você pensar
que alguém lhe deve,
os sonhos que insinua,
pra depois esmorecer.

Quero, eu mesma,
fabricar meus sonhos
e acolhê-los bem de leve,
frágeis forças
que removem prantos,
e enternecem,
meu coração afoito,
que persegue
ser feliz...










Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui