Usina de Letras
Usina de Letras
65 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62141 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10337)

Erótico (13566)

Frases (50548)

Humor (20020)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4749)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140779)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Berço esplêndido -- 30/07/2004 - 19:24 (Athos R. Miralha da Cunha) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




Berço esplêndido

Athos Ronaldo Miralha da Cunha



O vice-presidente travestido de José de Alencar, o escritor, sugeriu a alteração da letra do Hino Nacional Brasileiro. E causou polêmica.

José Alencar, o vice, propôs trocar o verso Deitado eternamente em berço esplêndido por Desperto vigilante em solo esplêndido.



O Hino Nacional Brasileiro é um dos mais bonitos do mundo. A melodia interage com a letra. O nosso hino flui com extremada facilidade quando cantamos. É uma composição que exalta a nossa pátria. E, é assim que deve ser um hino. Ou será que deveríamos acrescentar nos versos do Hino Brasileiro, palavras como corrupção, miséria, injustiça e violência?

E o incrível nesse hino é que os autores não se conheceram. O autor da letra, Joaquim Osório Duque Estrada nasceu em 1870 e o autor da música, Francisco Manoel da Silva faleceu cinco anos antes, em 1865. Mesmo assim há um casamento perfeito entre letra e música.



Nessas últimas semanas o governo começou a veicular na mídia mensagens para melhorar a auto-estima dos brasileiros. Os protagonistas dessas mensagens são o Ronaldo Nazário e Herbert Viana. São dois vencedores, certamente. Ambos superaram grandes dificuldades, mas exemplo admirável de superação é o do vocalista. Esse, sim, é um exemplo de dedicação e força de vontade.

Se eu tivesse 1% da conta bancária do craque Ronaldo, minha auto-estima estaria nas estrelas.

No entanto, penso que a melhor maneira para elevarmos a nossa auto-estima é cantarmos o Hino Nacional. Por que nesse ponto não seguimos o exemplo dos americanos?

Devemos reverenciar o Hino Nacional, a Bandeira. E demonstrarmos toda nossa brasilidade em todos as situações do cotidiano.



Se nos momentos mais importantes dos esportes, nos jogos da Copa do Mundo, nas Olimpíadas, nós cantamos o hino e nos emocionamos, os atletas envoltos na bandeira choram, é porque a melodia mexe com nosso sentimento pátrio e acelera nossos corações. Eu acho o Hino Nacional Brasileiro perfeito e envolvente.



Entretanto o “Deitado eternamente em berço esplêndido” incomoda algumas pessoas que, ao deitarem-se, pelo jeito, perdem o sono. A mim, não incomoda, ao contrário. Se o berço é esplêndido, eu quero mais é ficar deitado. E se estiver frio quero saborear junto ao berço, um cabernet da serra gaúcha.





Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui