Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
28 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57771 )
Cartas ( 21192)
Contos (12691)
Cordel (10207)
Crônicas (22323)
Discursos (3143)
Ensaios - (9126)
Erótico (13427)
Frases (44584)
Humor (18708)
Infantil (3975)
Infanto Juvenil (2915)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138419)
Redação (2956)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5043)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->Uma de advogado... -- 19/05/2020 - 10:51 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Aquele advogado famoso, cheio da grana, foi abordado por uma comissão de vizinhos, gente influente, participante de comitês de desenvolvimento econômico e social da cidade, que polidamente dele cobrou participação em benefício da comunidade:

- Doutor, nas nossas reuniões do Lyons, do Rotary, de ex-alunos das faculdades na cidade, muito se menciona a sua pessoa, vitorioso na vida profissional, um exemplar cidadão e homem de família, contudo, temos ressentido de sua ausência em nossos conclaves...o Senhor não gostaria de se juntar e contribuir com alguma de nossas sociedades filantrópicas...?

Ao que o advogado  respondeu, calma e placidamente...:

 - Senhores, ao lhes agradecer a gentileza desta visita, que muito me emociona e agrada, eu gostaria de observar-lhes que os senhores sabem muito bem que eu tenho uma mãe padecendo de alzheimer, que requer cuidados permanentes, e que tenho um irmão na bancarrota, dois filhos viciados em droga, uma mulher perdulária e endividada, e, saibam os senhores, de mim não sai um centavo para ajudar esse pessoal, e vocês ainda esperam que eu vá me envolver com gente de fora da família...?

 

 

Comentários

GERMANO CORREIA DA S  - 20/05/2020

Na condição de um desses causídicos eu diria coisa semelhante: Senhores, sou-lhes sumamente grato pelo convite, mas na atual conjuntura esse cidadão que vos fala está a matar cães perdigueiros a grito. Todavia, se os senhores mesmo assim não derem crédito para a minha palavra eu solicito que declinem dessa ideia estapafúrdia de tentar engabelar o próximo atraído por elogios supérfluos e interesseiros para com sua ilibada conduta...

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 10 vezesFale com o autor