Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
245 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59033 )

Cartas ( 21233)

Contos (13075)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9400)

Erótico (13482)

Frases (46376)

Humor (19246)

Infantil (4422)

Infanto Juvenil (3669)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138127)

Redação (3048)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5490)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->HUMOR -- 07/05/2019 - 08:02 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.
Por definição, a boa crônica humorística é aquela em que há uma quebra de expectativa. Vimos isso repetidas vezes numa propaganda de suplemento alimentar, apresentada por determinado canal de tevê.

Na estória, o caipira dialoga com um comprador de gado:

- Qual o preço das vaquinhas?
- As branca ou as maida?
- As maiadas...
- Bão,as branca custa seiscentos real
- E as maiadas?
- Bão, as maidas custa também seiscentos real.
- Quantos litros de leite elas dão?
- As branca ou as maiadas?
-As brancas...
- Bão, as branca dão dez litro de leite...
- E as maiadas?
- As maiadas dão também dez litro
- Que que elas comem?
- As branca ou as maiadas?
- As brancas...
-Bão, as brancas come capim e ração...
- E as malhadas?
- Bão as maiadas comem capim e ração...

Irritado, o comprador questiona: ora, porque sempre você pergunta se me refiro às vacas brancas ou às malhadas?

- Porque as branca são minha... 
- E as malhadas?
-Bão, as maidas também.


Publicado no site: O Melhor da Web em 08/01/2010 
Recontado por Adalberto Lima
Adalberto Lima e outros
Enviado por Adalberto Lima em 07/05/2019
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 92 vezesFale com o autor