Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
65 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57086 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10090)
Crônicas (22209)
Discursos (3136)
Ensaios - (9013)
Erótico (13401)
Frases (43722)
Humor (18474)
Infantil (3784)
Infanto Juvenil (2709)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138292)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4882)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



p1:1 == p2:1 === br:17
Humor-->DEVANEIOS -- 19/12/2017 - 10:12 (Germano correia da Silva) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

DEVANEIOS Dois amigos e compadres pararam numa birosca para tomar um trago à moda da casa e falavam de forma acalorada sobre o tema política partidária. O mais afoito e metido a honesto, num determinado momento da conversa, disse de forma enfática: - Se algum dia eu entrar para a política partidária e chegar a ocupar um cargo, por mais simples que ele seja, irei trabalhar em prol do desenvolvimento do meu povo e jamais me envolverei em esquemas de corrupção. O outro, conhecedor do passado meio escuso de seu amigo e compadre, perguntou: - Por que você resolveu falar nesse assunto complexo, justamente nesse momento de caça às bruxas em que nosso povo está acreditando piamente que o juiz Sergio Moro fará de tudo para acabar com ela? Ele parou um pouco, coçou a cabeça e procurou escolher as palavras certas para dar sua resposta e falou pausadamente: - É que eu já estou contando com a chegada desse momento inusitado, e se esse juiz realmente acabar de uma vez com ela (a corrupção), eu não correrei nenhum risco de ser tentado – e pediu mais um trago.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui