Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
48 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59136 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138240)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Nós, os indignados -- 08/04/2017 - 12:06 ( Andre Luis Aquino) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. De tanto ver impunes os corruptos desse país, nós os indignados, chegamos a sentir vontade de cometer uma heresia, e escrever assim de forma minúscula e vazia uma palavra gigante pela própria natureza que representa nossa pátria amada: brasil.
Honestidade é uma virtude nobre, por isso não se espera que ela exista na índole das pessoas baratas ou nas atitudes dos canalhas, dos desmiolados que venderam a sua honra ao custo de 100 reais ou menos o voto, ou na prática dos “espertalhões” que por milhões se corrompem sem vergonha nenhuma na cara. Honestidade, ainda mais quando se trata do que é público, exige que se seja correto mesmo quando ninguém está fiscalizando, mesmo quando se tem a plena certeza de que nunca vai ser pego, flagrado com a boca na botija ou com o dinheiro depositado numa conta na Suíça .O preço que a honestidade cobra, não tem malandragem que pague, não tem esperteza que salde. Decência é atributo de gente de verdade que tem mãos limpas e sem rabo preso, não se encontra na conduta de covardes, ladrões ou patifes, que mesmo que nunca sejam condenados pela justiça dos homens, já tem sua alma vendida e comprometida, só esperando a hora para ser consumida pelo fogo do juízo final…
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui