Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
240 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58107 )
Cartas ( 21211)
Contos (12845)
Cordel (10239)
Crônicas (22073)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45253)
Humor (18925)
Infantil (4144)
Infanto Juvenil (3225)
Letras de Música (5503)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138679)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5244)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Desleixo* -- 19/02/2015 - 09:38 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Desleixo*


Obrigado, amigo. Passei esses dias ultimando alguns trabalhos particulares, inclusive um livro que pretendo editar ainda neste ano.


Pode ser que eu esteja errado (Deus ajude que sim!); parece-me, porém, que o desacerto está muito grande. No meio de tantos casos indescritíveis, cito o de Brasília. Com quase 60 anos aqui, jamais observei o DF tão abandonado em todos os setores; pense num e sentirá que é realidade!


Artigos tenho escrito e divulgado (graças a Deus o Site percorre muitos países). Desabafos, à medida do possível, preparo e encaminho ao CB. À Representante maior, há algum tempo, alertei sobre a traiçoeira e perversa inflação, que estava dando sinais de que se instalava e seria de difícil combate. Nenhum retorno prático.


Entre tantos luminares, reconheço que sou uma gota d`água nos oceanos. Esse reconhecimento, você pode notar na crônica Azáfama, que, com personagens fictícias e mantidas as devidas proporções, retrata momento vivido no trabalho, nos tempos de Unico ( por volta de 2003). Está, também, no meu livro Saudade, editado em 2007 pela Komedi, Campinas (SP), pp. 20 a 25, do qual lhe dei um exemplar.


Reforma política seria necessária. O Congresso e a Câmara Legislativa deixam muito a desejar. Embora, no primeiro, em número reduzido, haja homens de bem, de estudo, idealistas e até com voto de pobreza, como bem acentuo na crônica Tiririca, no meu livro Harmonia, Komedi, Campinas (SP), 2012, pp. 129 a 132.


Desencantado e triste com tudo, vou ficando por aqui na esperança de que Deus nos olhe!


Cordialmente, Benedito
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 142 vezesFale com o autor