Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57367 )
Cartas ( 21181)
Contos (12598)
Cordel (10136)
Crônicas (22252)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44122)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2800)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138537)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4943)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Francisco Antônio* -- 22/08/2014 - 16:14 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Francisco Antônio*


Obrigado, amigo. Realmente não há arquivo na mensagem que lhe transmiti. Pedi o favor de confirmar, porque, em face do tempo que não nos comunicamos, poderia ter mudado o endereço eletrônico.


O companheiro Heleno, que nos lê em cópia, fez essa cirurgia há alguns meses e diz que se sente muito bem após o procedimento; encontra-se de férias no Piauí, mas deve estar retornando.


E sua senhora? como está? A ela, por gentileza, transmita as minhas recomendações. Creia: a ciência desenvolve a cada dia e dá esperanças de cura para tantas doenças que no passado eram temerárias. Deus a abençoe!


Ontem, eu comentava com a Ricarda o esmero com que preparava o Catálogo Telefônico (maravilhoso e único instrumental de que dispunha a entidade). Na minha gaveta, no serviço, conservo o último. No início, não havia esses modernos recursos eletrônicos ─ que você bem domina e pôs à disposição do trabalho. Li, embevecidamente, os e-mails de elogio que recebia do chefe (lembra-se?); logicamente, junto com os meus. Enfim, tudo passa, tudo muda, mas ficam as boas obras que desenvolveu, as quais não podem ser esquecidas.


Por colega da empresa, soube que você aqui esteve e me deixou lembranças, que agradeço e retribuo.


Inscrevi-me no plano para sair em outubro. Entretanto, não tenho certeza absoluta de que sairei. Continuo pensando, tomara não reflita erradamente. O aspecto econômico é de fácil entendimento: são apenas R$ 150.000,00 e mais nada, a não ser a verba rescisória, que existe em qualquer situação. O que me causa dúvidas é o âmbito social, composto de muitas variáveis ─ que não podem ser quantificadas de pleno, em números.


Por enquanto, permaneço no mesmo lugar, sempre às ordens.


Com a estima e o abraço do
Benedito

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 84 vezesFale com o autor