Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
227 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58117 )
Cartas ( 21211)
Contos (12849)
Cordel (10239)
Crônicas (22074)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45259)
Humor (18932)
Infantil (4146)
Infanto Juvenil (3227)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138693)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1057)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5245)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Velocímetro* -- 06/02/2014 - 14:48 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Velocímetro*


Prezado João Eduardo: esta passagem preciso falar a você. Anteontem, no final do expediente, estava devagar e ainda não tinha iniciado a subida para tomar a pista em frente do prédio da SRF. Descia um caminhão a toda e com a curva totalmente aberta. Penso: ele vai bater no meu carro. Piso forte no freio e desvio-me. Ele passa como doido (o que é natural nos motoristas de carros grandes: ônibus, caminhão, carretas, caminhonetes, vãs e assemelhados).


Mais adiante, noto: velocímetro parado. Vou à concessionária, narro o acontecido, e ela me pede deixar o carro para exame. Duvido da atitude e me mando. Não acredito que o consultor não tenha o mínimo conhecimento para diagnosticar a causa do defeito.


Para minha surpresa, sem mais nem menos, após rodar poucos metros, o velocímetro volta a funcionar.


Sinta, amigo, como está sujeito à sorte quem não possui conhecimento nenhum de mecânica!


Com a estima e o abraço do
Benedito


* Brasília, DF, 06/02/2014.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 114 vezesFale com o autor