Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
228 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58115 )
Cartas ( 21211)
Contos (12846)
Cordel (10239)
Crônicas (22074)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45257)
Humor (18930)
Infantil (4146)
Infanto Juvenil (3226)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138690)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1057)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5245)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Bebidas R* -- 03/01/2014 - 09:30 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Bebidas R*


Que maravilhoso, Dr. Adriano! É também por isso que o senhor está inteiro e lúcido transmitindo conhecimento e sabedoria a todos. Parabéns! Com muito orgulho, tenho procedimento semelhante.


Logo cedo, talvez na adolescência, decidi só fazer o que tivesse coragem e com total consciência. Fui jovem, namorei, brinquei carnavais, diverti, à medida do possível, como todo garoto na flor da idade; nunca, porém, senti necessidade de usar nada que não fosse o meu estado normal. Graças a Deus, jamais me arrependi.


Para o senhor sentir o tamanho da minha audácia, lutei até conseguir audiência com o Presidente da República na época (em 1959), presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira. Podia até ter-lhe feito um pedido. Eu tinha 14 anos e sonhos variados. Ele perguntou-me:


-- Você trabalha, além dos estudos?


Sim, disse-lhe eu.


-- Está, tudo bem lá?


Graças a Deus está! Vim aqui só para lhe dizer pessoalmente que o admiro muito.


Não me arrependo. Faria tudo de novo, do mesmo modo.


Para aquele encontro grandioso, apenas vesti o terno, impecável, de um filho de colega de meu papai. Não tomei nem café. Fui como se visitasse qualquer autoridade. Sem dúvida, com muita alegria, mas sem esnobismo. No retorno, somente água.



No livro "Saudade", que o senhor me honrou com seu prefácio e que em breve estará em suas mãos, relato, na crônica "Retrospecto", parte de minha trajetória.



Com a estima e o abraço do

Benedito

* Brasília, DF, 18/12/2007.







Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 171 vezesFale com o autor