Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
107 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57367 )
Cartas ( 21181)
Contos (12598)
Cordel (10136)
Crônicas (22252)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44122)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2800)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138537)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4943)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Pomar (reminiscências) 2* -- 19/12/2013 - 10:41 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Pomar (reminiscências) 2*


Caro Amigo Sr. Benedito,

Fico feliz e envaidecido de ter participado, ainda que timidamente, desse SEU projeto tão bonito. E de compartilhar uma lembrança tão sublime, registrada em sua obra.


Poucas vezes, conseguimos ver pessoas se envolvendo com tanto amor a uma causa, especialmente quando essa se destina principalmente a uma coletividade que sequer tem a atenção devida para o fato, ocupada que está com outros misteres.


Era bem o caso.


Mas, testemunhei esse trabalho silencioso e dedicado, onde se investia , mais do que recursos financeiros, tempo, amor, preocupação com o bem estar de quem ali trabalhava e, mais ainda, com os que futuramente viessem a frequentar aquele ambiente.


Não foram poucos os sábados em que o vi a cuidar pessoalmente daquele espaço, limpando, aguando, plantando, mais do que fruteiras, AMOR.
Apesar das dificuldades, nessa terra árida, e nas difíceis condições disponibilizadas, esse incansável e solitário guerreiro conseguiu realizar seu sonho com louvor.


As plantas nasceram, muitas cresceram, algumas ainda subsistem... Frutas foram colhidas, as mais diversas.


Como acontece com nossos filhos, planejamos sua vinda, cuidamos e o preparamos para seguirem seu caminho.


Embora desejássemos, não temos como cuidar deles por toda a vida.
A lição foi dada...
Seu exemplo precisa ser seguido.

Oxalá, surjam outros Ben(e)ditos assim: carinhosos, preocupados com o próximo!

Parabéns!

Reitero minha admiração e minha amizade!

Forte abraço,

Antonio (Dr. F)


* Brasília, DF, 19/12/2013.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 80 vezesFale com o autor