Usina de Letras
                                                                         

....Aguardo um pouco estou carregando o texto
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59160 )

Cartas ( 21237)

Contos (13113)

Cordel (10292)

Crônicas (22202)

Discursos (3165)

Ensaios - (9445)

Erótico (13482)

Frases (46565)

Humor (19290)

Infantil (4468)

Infanto Juvenil (3741)

Letras de Música (5480)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138290)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5537)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A Pandemia do Golpe -- 24/08/2020 - 07:22 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Outros Textos
.

 

Pandemia do Golpe

 

 

Logo quando acordo de manhã, vemos sobressaltados, mais um golpe durante a pandemia, já não  basta todo esse sofrimento, a gente tem que presenciar mais esse percalço, são tantas modalidades, cujos malfeitores  estão especializando-se cada vez mais, se aprimorando  para engolir a próxima vitima.

Falamos sempre para tomarmos extremos cuidados com os bandidos em bancos, isso já não é novidade, ali é um verdadeiro antro, onde as câmeras de segurança flagram todo tipo de abordagem, dessa vez foi  uma senhora que estava tentando colocar um valor na sua conta, veio  um “cliente” abordou-a dizendo que ela estava inserindo   o envelope de forma errada, mas  errado, foi a atitude do senhor que trocou o citado involucro em segundos, pelo vazio, atingindo mais uma vítima.

Lembramos que nesse caso de golpe dentro de banco, a vítima pode recorrer à justiça, com grande chance de ganhar.

Esse problema de depósito é muito perigoso, como o da cadeirante que colocou seu meio de locomoção à venda, na Internet  para poder comprar outro mais novo.

Não é que apareceu um incauto que depositou um envelope vazio, ainda mandou alguém pegar a cadeira de rodas na vítima?

São tantos golpes tradicionais, que ganharam um robusto reforço da pandemia, que ficamos atônitos, tanta notificação por e-mail de compras, pedidos de atualização de conta; são inúmeros golpes virtuais e físicos, que devemos redobrar os cuidados a cada dia, porque se for depender de justiça na Terra, você vai cair em mais um golpe, da propaganda enganosa, pois a nossa caduca legislação, virou piada sem graça, de pessoas que as  utilizam com mais tenacidade, do que os golpistas de plantão.

Portanto todo cuidado é pouco, o bonzinho pode ser ladrão, que não tem cor, tampouco vestimenta, cabendo a todos nós, atentarmos e divulgarmos “cada modus operandi” na escola da vida e da tribulação.

 

 

Marcelo de Oliveira Souza,IwA

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui