Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
193 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58139 )
Cartas ( 21211)
Contos (12855)
Cordel (10239)
Crônicas (22080)
Discursos (3147)
Ensaios - (9225)
Erótico (13453)
Frases (45289)
Humor (18935)
Infantil (4156)
Infanto Juvenil (3232)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138700)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5249)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->"FAKE NEWS", OU BOATOS -- 18/07/2020 - 07:45 (SALETI HARTMANN) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Algumas pessoas costumam "visitar" a nossa página no Facebook somente quando publicamos algo como uma fake news, ou seja, um boato.
Jamais nos visitam para ver uma postagem de reflexão...uma postagem inofensiva, e dizer um bom dia, uma boa tarde...

Para quem se interessar, muitas vezes, na História da Humanidade, os boatos aconteceram como defesa da grande maioria do povo, (desde a antiguidade), povo esse que não recebe informações corretas daquilo que realmente está acontecendo.

Pesquisem a história do boato, para ver que, desde os tempos bíblicos, eles existiam entre os povos, como degraus para chegar até a Verdade.

Durante as grandes guerras, espalhavam-se boatos, tanto de um lado como de outro, da batalha, para confundir o inimigo, ou para salvar milhares de pessoas, da morte.

Hoje, estamos sendo castigados por expressarmos nossos pensamentos, apenas porque desejamos ardentemente, a Verdade.

Num país onde, diariamente, recebemos uma carga de informações de que nossos governantes - não todos -, alguns deles, estão comprando respiradores com o preço triplicado, e muitas vezes esses respiradores não funcionam ou não chegam jamais ao seu destino, pensamos que realmente, algo não está bem lá na cúpula, em relação à pandemia que estamos vivenciando.

Enquanto grande número de pessoas se salvam da morte, tomando remédios baratos, como a clororquina, recebemos informações - ou fake news? - dizendo que alguns governos escondem esse remédio, para não chegar até o povo.

Então, não parece que "pessoas estão pagando para outras pessoas morrer"????

QUE DEUS NOS PROTEJA DESTE MUNDO ONDE JÁ NÃO SABEMOS MAIS QUEM É QUEM, E QUEM, NA REALIDADE, SÃO OS NOSSOS EXCELENTÍSSIMOS GOVERNANTES!!!

Saleti Hartmann

Professora e Poeta

Cândido Godói-RS

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 5Exibido 28 vezesFale com o autor