Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
31 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57782 )
Cartas ( 21194)
Contos (12705)
Cordel (10211)
Crônicas (22324)
Discursos (3143)
Ensaios - (9129)
Erótico (13429)
Frases (44605)
Humor (18715)
Infantil (3977)
Infanto Juvenil (2918)
Letras de Música (5483)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138432)
Redação (2958)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5050)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->TIRADENTES! -- 21/04/2020 - 17:07 (SALETI HARTMANN) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 

Reflexão.

Antigamente, aprendíamos nas escolas a História de Tiradentes como um Herói que revoltou-se contra os exagerados impostos cobrados ao povo (coincidência com o tempo atual?), e tínhamos nele alguém que perdeu a vida em nome de uma ação nobre e bela.

Atualmente, o que nossas crianças e jovens aprendem nas escolas - infelizmente - é fazer críticas à História oficial conhecida, sendo que aulas inteiras são gastas para "desmistificar" aqueles e/ou aquelas que, para algumas gerações, representaram - e ainda representam - um marco de heroísmo em prol do povo e dos seus direitos.

Nossas aulas tinham o encanto de conhecermos vida, obra e personalidade dos nossos então HERÓIS DA PÁTRIA.

As aulas de hoje procuram, de todas as formas, encontrar os defeitos e as falhas - muito características dos seres humanos - em todos aqueles que um dia eram lembrados com carinho e agradecimento.

Dependendo da ideologia, a História perde todo o seu encanto, toda a sua bravura e nobreza, para servir de galhofa e risadas, além de críticas ferrenhas que não levam a lugar nenhum, e que desestimulam qualquer jovem a manifestar algo de maior em suas vidas.

Lembremos sempre, que a Vida, a História, os atos de bravura são vividos por simples SERES HUMANOS! Com suas falhas, defeitos e contradições... porém, nada disso tira a grandeza daquilo que um dia estes SERES HUMANOS manifestaram em favor de direitos, de dignidade e de poder de um Povo, de uma Nação.

Tiradentes, como tantos outros Heróis, foi apenas um SER HUMANO. Mas, um Ser Humano que destacou-se para defender nosso País, nosso Povo. E que, por sua luta, foi cruelmente morto, enforcado e esquartejado em praça pública.... para servir de exemplo a quem mais quisesse se opor à cobrança excessiva de impostos.

Portanto, hoje, quero lembrar ainda com muito carinho e gratidão do nosso querido TIRADENTES, para resgatar pelo menos um pouco da nobreza do seu gesto, da coragem de se levantar contra os poderosos e dizer, bem alto, que os impostos estavam destruindo a vida de pessoas simples, de trabalhadores quase escravos, e que este gesto ficou gravado oficialmente na História do Brasil como um heroísmo acima de qualquer dúvida.

Não nos esqueçamos, também, de TANCREDO NEVES, cuja morte prematura estamos comemorando no dia de hoje.

A História do Brasil não merece ser contada pelo viés de uma ideologia que a tudo e a todos destrói pelo simples fato de querer implantar novas formas de pensar, trazendo apenas o desencanto e a desilusão, sem nada acrescentar em troca.

Somos apenas Seres Humanos, falhos, cheios de defeitos e fraquezas. Mas, de tempos em tempos, um de nós se destaca na Vida e na História por seus gestos de puro heroísmo diante das forças poderosas de quem tem o poder e o mantém através do dinheiro, da ganância e da cobiça por mais Poder.

O povo brasileiro sente sede de alguém como Tiradentes e Tancredo Neves, para nos dizer que a Esperança vibra em cada coração onde ainda habitam os Valores e Princípios tão necessários à conservação da Vida civilizada no Planeta.

Salve, Tiradentes!

Salve, Tancredo Neves!

 

Saleti Hartmann

Professora e Poetisa

Cândido Godói-RS

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 5Exibido 7 vezesFale com o autor