Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
99 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O vôo noturno -- 25/01/2020 - 09:32 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O vôo noturno

Uma águia e um par de asas, assim é meu sonho no sonha dor de tantos céus que abrem as cortinas do cinema entrada para loucos com franquia em cada cabeça a carregar tijolos. Epa! Tijolos??? Não pode ser, pois tijolos pesam e impedem o vôo, mas posso ser sorrateiro. No coração alado existe um acelera dor das causas impossíveis onde Santa Rita nos espera diante dos passos tardios. O vôo noturno dá segurança à Ícaro que, ao cair não será notado o que lhe garantirá a segurança tão almejada aos passaros que se encontram engaiolados. A lua ilumina o vôo no mar céu de um azul invisível que oferece vez é voz às estrelas. A águia virou estrela e brilhou na inalcançável visão limitada do ser gente.

Marcos Palmeira 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui