Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
113 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10184)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44313)
Humor (18626)
Infantil (3910)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Novela (*) -- 09/03/2012 - 13:55 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Novela (*)


Obrigado, Caro Osório. Sua mensagem é página literária que guardarei entre os escritos de valor.


Somente quem já perdeu os papais pode avaliar a dor de não os ter. Sei, amigo, o quanto isso dói. Não se esquece. Aceita-se. É o jeito.


Emocionado, recebo a notícia do casamento das meninas. Conheci-as em 1980 (se não me engano), quando você era Diretor.

Acompanhei, por meio de amigo (Dr. Marques), a recuperação do seu filho. Que Deus lhe conceda a graça da cura total e permita um ano de 2007 cheio de paz, conforto e alegria.


A sextilha abaixo foi inspirada em fatos sociais da época. Leia-a, que não lhe fará mal.





Saiba: por mais que o incomodem
E até que se queime o modem,
Não se atormente. Delete.
Nesta vida, tudo passa:
Dor, raiva, tédio, desgraça...
Acredite. Deus promete!


Sem dúvida, as bênçãos que tem recebido são frutos de sementes que plantou ao longo dos anos. Pode ter certeza, é muito grande a legião que o admira e respeita.


Meus telefones permanecem os mesmos. Disponha do que precisar.


Parabéns aos papais e às felizardas, que estão realizando uma das melhores coisas da vida (quando se vive bem!): o casamento. Ao caçula, votos de plena recuperação e crença em dias melhores.


Quando vier a Brasília, visite-me. Resido no mesmo lugar.


Feliz ano de 2007, junto dos entes queridos.



Com a estima e o abraço do
Benedito

_______
(*) Brasília, DF, 02/01/2007.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 149 vezesFale com o autor