Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
128 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57033 )
Cartas ( 21169)
Contos (12592)
Cordel (10075)
Crônicas (22195)
Discursos (3134)
Ensaios - (8999)
Erótico (13395)
Frases (43631)
Humor (18452)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2685)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138230)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4851)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Lago Paranoá* -- 13/09/2019 - 18:55 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lago Paranoá*

Razão de ser de Brasília, Lago Paranoá faz 60 anos. Início da construção: 12/09/1959 (CB, 12/09/2019, capa).

Eu,  garoto (semiadolescente), lembro-me muito bem (que saudades!), com papai -- meu primeiro professor de natação --, tomava banho no  pequeno rio (mas fundo) que passava próximo de onde tínhamos, no alto, um barraco sem água, sem luz, sem demais condições habitáveis. Naquela época, não havia nem de perto começado a represa. Mais abaixo, uma queda de água a que chamavam: Cachoeira do Paranoá e que servia de entretenimento de alguns visitantes.

Após o banho, sempre agradável e feliz, meu papai e eu levávamos duas latas, de 20 litros, cheias de água -- para minha mamãe e minha irmã, já que  não frequentavam o rio.

Tudo passou depressa. Hoje tenho o privilégio de ter vivido essa epopeia, ajudado a construí-la e continuar auxiliando no seu desenvolvimento. E mais... encantar-me com tanta maravilha!

Enfim, só pode ser graça de Deus!

Brasília querida,  minha gratidão.

* Brasília, DF, 12/09/2019.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 23Exibido 29 vezesFale com o autor