Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
101 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10184)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44313)
Humor (18626)
Infantil (3911)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->MAL-ENTENDIDO -- 06/12/2010 - 18:11 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


MAL-ENTENDIDO
(Por Germano Correia da Silva)

Pedrinho estava se preparando para ir à escola e, como de costume, a mãe dele gritou lá do quintal:

- Menino, vá escovar os dentes. Tem uma pasta nova para você.

O garoto que sempre se fazia de mal-entendido quando o assunto era escovar os dentes, entrou no quarto do casal, pegou uma pasta de couro nova que o pai dele havia comprado, colocou os livros e os cadernos dentro dela, jogou a sacola dele no lixo e se mandou para escola.

Ao sair de casa, às pressas, ele fez questão de avisar à mãe dele que já havia feito uso da pasta nova, menos escovar os dentes, evidentemente, e aos berros anunciou:

- Mamãe, eu gostei muito da pasta nova que a senhora comprou para mim... na volta da escola eu escovarei os dentes.

 


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 494 vezesFale com o autor