Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
25 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57550 )
Cartas ( 21185)
Contos (12638)
Cordel (10186)
Crônicas (22292)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44327)
Humor (18630)
Infantil (3915)
Infanto Juvenil (2862)
Letras de Música (5480)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138276)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4994)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Páscoa -- 20/04/2019 - 20:59 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Páscoa 

Não espere a morte da esperança na vida para entender que sua brevidade não significa nada em comparação Àquele que viveu menos tempo que você e transbordou em doação de amor ao próximo, mesmo tendo sido esse próximo, justamente o que gritou:”crucifica-o!”

Hoje, a Páscoa me remete ao passado com a constatação no presente inóspito ao futuro que não vislumbra nenhuma esperança numa vida efêmera carente de vida. Vida é um caminho de um único sentido que vai, mas a passagem para alguns sai cara demais. Outros têm mais sorte, pois na morte, a vida se apresenta de outra forma, ou seja, eterna. A essência ainda que morta importa ao que lhe é eterno, caso contrário, não vá em frente, não viva. Sirva a todos, o cálice no calar da voz reprimida e sequestrada por uma dor pungente dessa gente sem noção do amor ao próximo.

Marcos Alexandre Martins Palmeira 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui