Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
102 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57505 )
Cartas ( 21184)
Contos (12608)
Cordel (10177)
Crônicas (22283)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13416)
Frases (44277)
Humor (18618)
Infantil (3903)
Infanto Juvenil (2849)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138234)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4981)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Cidadão de bem -- 19/04/2019 - 11:27 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Cidadão de bem 

Julga na sua dor e executa ao outro acreditando estar fuzilando sua propria dor. Sofre ele um Cristo preso em sua ruína.
Antes era: "crucifica-o!" Hoje: "bandido bom é bandido morto". E assim, vai se replicando o cidadão do "bem" não resolvido e não aceito por ele mesmo.
Mas o cidadão do bem dele, vive na bonança de um colchão de retalhos de sentimentos reprimidos por ele tido como inadmitidos.
Vive o viver sem a noção do bem que há em si e não se da conta do mal que faz ao outro, pois o outro é ele transfigurado e essa imagem transfigurada lhe agride, pois percebe-se nele, o mal que há em si. Não no outro. Ao outro, há o silêncio da dor sem cruz. Da dor do julga a dor. Da dor que padece no suplício da injustiça que lhe cerca e oprime a linguagem do ser e viver a que tem direito. Direito negado a muitos: viver sob o sol e sob a lua, astros de todos terráqueos. Sob reticências, segue a viver o que é ou não humano, sob interrogações seguem perguntas sem respostas, sob a exclamação segue a atitude de hipocrisia e sob o ponto final, descansa em todo espaço, tudo o que é qfinito.


Marcos Alexandre Martins Palmeira
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui