Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
191 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58656 )
Cartas ( 21223)
Contos (12990)
Cordel (10256)
Crônicas (22147)
Discursos (3159)
Ensaios - (9331)
Erótico (13465)
Frases (45858)
Humor (19094)
Infantil (4322)
Infanto Juvenil (3486)
Letras de Música (5467)
Peça de Teatro (1335)
Poesias (137970)
Redação (3032)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2423)
Textos Jurídicos (1940)
Textos Religiosos/Sermões (5384)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->MULHER, QUEM ÉS? -- 08/03/2019 - 18:32 (Dalva da Trindade S. Oliveira (Dalva Trindade)) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.
MULHER, QUEM ÉS?

Sou o auge da Criação.
Sou o único ser humano capaz de gerar em mim outro ser humano adorável, dotado de uma alma que Deus presenteia.
Posso parecer frágil, e às vezes sou; posso ser muito forte e surpreender inesperadamente,  quando se faz necessário.
Transito entre os diversos sentimentos com as reações típicas de cada um e a naturalidade que só uma Mulher é capaz de fazer.
Às vezes sou manhosa, brigona e extremamente determinada em outras oportunidades. 
Sonhadora, sim, sempre. Desejar um mundo com muita paz e amar sempre é uma característica intrínseca da mulher.
A mulher não foge das lutas ou das responsabilidades; trabalho não é fardo pesado para ela... Qualifica-se muito para exercer sua profissão e faz isto com garra e prazer.
Suas atividades continuam no âmbito do seu lar, no seu dia-a-dia e ela ainda reserva tempo para repartir a sua felicidade nos encontros com amigos e pessoas que ama. 
Ser mulher é ser merecedora de muito respeito e reconhecimento diariamente e sempre,  apesar do alto índice de agressões que ela também sofre e que não são evitadas e punidas proporcionalmente, como deveriam ser.
Mulher é ser capaz de agradecer a Deus todas as argilas mágicas que, misturadas,  lhe formaram o corpo e o sopro do Espírito Santo que tornaram sua essência esse tesouro misterioso, rico de surpresas e Amor.

Dalva da Trindade S Oliveira
  (Dalva Trindade)
      08.03.2019
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 3Exibido 62 vezesFale com o autor