Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
119 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57012 )
Cartas ( 21168)
Contos (12603)
Cordel (10073)
Crônicas (22187)
Discursos (3134)
Ensaios - (8995)
Erótico (13393)
Frases (43603)
Humor (18446)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2676)
Letras de Música (5469)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138216)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->JOGANDO A TOALHA -- 19/07/2010 - 13:33 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
JOGANDO A TOALHA
(Por Germano Correia da Silva)

O garoto Juquinha tem andado às voltas com Mariazinha tentando namorá-la e foi flagrado por sua professora que chamou a atenção de ambos impedindo-os de continuar o flerte, usando para tanto o seguinte argumento:

- Juquinha, você e sua colega de classe, a Mariazinha, não devem pensar em namoro agora. Vocês ainda são muito pequenos - afirmou.

Juquinha não perdeu tempo e tratou de arranjar uma saída inteligente para o impasse, dizendo:

- Não se preocupe conosco não, professora. Usaremos sapatos com saltos mais altos e se mesmo assim não atingirmos a altura necessária para ficarmos grandes, improvisaremos umas pernas de pau - sorriu.

A professora quis rir, mas fez um aceno negativo com a cabeça, justamente por não ter gostado da resposta debochada do garoto e em seguida respondeu:

- Juquinha, além de ser um garoto esperto, você é um grande cara de pau.

Ele não pensou duas vezes e logo procurou outra forma de sair pela tangente:

- Está bem professora. Já que a senhora me considera um grande cara de pau, imediatamente, eu já preencho o requisito “altura”. Poderei namorar a Mariazinha, amanhã?

Nem é preciso dizer que essa professora desistiu de aconselhá-lo a mudar de atitude; apenas se preocupou em manter sua vigilância rotineira...

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 405 vezesFale com o autor