Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57033 )
Cartas ( 21169)
Contos (12596)
Cordel (10075)
Crônicas (22194)
Discursos (3134)
Ensaios - (8999)
Erótico (13394)
Frases (43630)
Humor (18451)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2684)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138227)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4849)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->LEVANDO A VIDA COM A OUTRA -- 20/06/2010 - 15:22 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


LEVANDO A VIDA COM A OUTRA
(Por Germano Correia da Silva)

A vida conjugal de Jô Formigão de uns tempos para cá tem andado meio periclitante. A esposa dele está muito desconfiada com o que o povo está falando a bocas miúdas e disse, com todas as letras, que fará de tudo para esclarecer o que se passa com o casal e que a intenção dela é reunir provas robustas para dar um basta, o mais rápido possível, nessa situação.

Ela é uma daquelas esposas que não acreditam em tudo o que as pessoas falam, mas tudo o que ela sabe a respeito desse imbróglio em que Jô Formigão está metido é que ele está andando às voltas com a outra há bem pouco tempo.

Num passado não muito distante ocorreu fato semelhante, sendo que o que ficou registrado acerca do desfecho desse mal-entendido é que tudo foi parar na delegacia de polícia local e que naquela oportunidade ele teve de explicar tudo, bem direitinho.

Escarafunchando a vida particular de Jô Formigão descobriu-se que, por natureza, ele é uma pessoa muito metódica e que sempre preferiu vestir camisa branca. Qualquer camisa que não seja dessa cor ele a trata taxativamente pelo nome de “a outra” e que se emboneca todo quando vai sair com ela.

Essa sua adesão para com as camisas de cores diferentes é mais recente e em face de ele tratá-las abertamente pelo nome de “a outra”, num passado não muito distante, lhe custou uma separação conjugal. Atualmente, essa sua forma excêntrica de agir tem causado um mal-estar muito grande no seio de sua família.

A mãe da esposa dele, que mora parede-meia com sua residência e que tem pouca informação a respeito dessa situação inusitada, anda comentando que a filha dela não teve sorte com o casamento.

Por ser uma pessoa que gosta de fazer as coisas certas, já andou espalhando nos arredores de sua comunidade que está desconfiada que o genro dela é um bígamo de mão cheia, pois de vez em quando ele tem saído com a outra e que, por incrível que pareça, não lhe acontece nada.

- Eu jamais seria uma pessoa tolerante da forma que minha filha é. Se fosse comigo eu já teria quebrado o pau e a cara dessa outra com a qual ele tem saído nos últimos tempos - esbravejou.

Jô Formigão sabe de tudo o que sua sogra pensa a respeito dele e continua cantando de galo; quando não sai com uma branca, sai com a outra, e assim vai levando a vida.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 405 vezesFale com o autor