Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
82 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A virose -- 13/11/2018 - 19:06 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A virose Bozo


Anualmente, enfrentamos um surto de todo o tipo de mazela e esse ano não seria diferente, ou melhor, mais evidente. Depois de uma exaustiva corrida presidencial com o slogan entre tapas e beijos, a virose atual chama-se Bozo.
Atchim! A Bozo chegou, uma viroe dos três papocos para o inferno gente.
No Brasil, no passado houve várias epidemias: gripe espanhola, febre tifóide, febre amarela, tuberculose e tantas outras. Hoje o Brasil está sendo capitaneado pela virose Bozo, gripe braba deixa o caboclo: Besta,bambo e burro.
O cabra não sabe onde está nem pra onde vai, mas uma coisa é certa: acaba com o pouco de saúde que se tem.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui