Usina de Letras
Usina de Letras
14 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->ANA CLÁUDIA -- 11/02/2002 - 14:16 (ADAIAN THIAGO TOMAZ HARTMANN) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
FIZ EM VIDA
O QUE NEM NA MORTE DEVERIA TER FEITO:
"DEIXAR VOCÊ IR"...
QUANDO ESTEVE EM MEUS BRAÇOS
NÃO PERCEBI QUE ALI TINHA MINHAS REALIZAÇÕES...
MEUS DESEJOS E ASPIRAÇÕES,
DELÍRIOS E PERDIÇÕES, QUE SUAVAM
EM MINHA PELE
REFLETIDOS NESTE AZUL DOS MEUS OLHOS,
APENAS DEIXEI COM QUE
DESLIZASSE POR ENTRE MEUS DEDOS,
VOCÊ...
MEU "EU" ESTAVA FORA DE MIM,
NÃO TINHA MAIS RUMO
E NESTA HORA JÁ ESTAVA A VAGAR,
NEM TINHA VONTADES
E EM MEU EGO,
OS DESEJOS E AS LUXÚRIAS JÁ ESTAVAM ESQUECIDAS
NO FUNDO DE MINHA MENTE,
ESQUECIDAS MAIS UMA VEZ, JÁ É TARDE.
À LUZ DA LUA,
COMO SEMPRE
ME LEVA AO TEU ENCONTRO,
MAS ESTE EU QUERIA TER ADIADO...
O SABOR GÉLIDO CORRENDO EM MEUS LÁBIOS
E O VENTO CHORANDO EM MEUS OUVIDOS:
- A NOTÍCIA DA TUA MORTE...!
PORÉM SEM SORTE,
ME PEGO ÀS LÁGRIMAS
AO VER ESTE TEU CORPO,
ESTENDIDO AO CHÃO COM MEUS SONHOS,
FONTE DE MEUS DESEJOS E
SABOR ADOCICADO EM MEUS LÁBIOS,
DOCES LEMBRANÇAS DE QUANDO NOSSOS CORPOS
SE ENCONTRAVAM E EM DELÍRIOS
NOSSAS ALMAS SE FUNDIAM,
AOS POUCOS...
A TUA LEMBRANÇA ME CALA,
FAZENDO ECOAR DENTRO DE MIM
A SAUDADE...
GRITO ÚNICO,
OUVIDO POR POUCOS E
SILENCIADO EM MEU PEITO E
EM TUA MEMÓRIA.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui