Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
56 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57517 )
Cartas ( 21184)
Contos (12611)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44292)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Brasil, Bum, Bum e Doutô... -- 12/08/2018 - 08:40 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Brasil,Bum,bum e Doutô...

A riqueza do povo brasileiro vai mais ao centro quando vislumbramos determinadas características físicas. Além da beleza helicoidal que a molécula do DNA é portadora, ele carrega bem no centro, as características tão importantes que fazem do ser humano ser o que é. No caso do Brasil, é marcante a identidade bundiônica que fazem com que cada vez mais as mulheres busquem o aprimoramento de tal apêndice. Um recauchutado daqui, com outro dali e bum! É uma explosão de alegria nas alegorias e vestimentas que venham a realçar tal beleza. Todo o conjunto é encantador, principalmente quando as curvas do sorriso e da cintura, ensaiam com ritmo e sintonia um samba, um xaxado, um frevo ou uma capoeira com as curvas mais reservadas do crânio, o nosso amigo cérebro. Simplesmente, é divino com direito a toda a majestade! Mas, graças a divindade da natureza humana, existe um desfile de diversidades que nem sempre permitem a exposição de todos os elementos constituintes da beleza simultaneamente. E talvez isso possa explicar tantos bum, tantas saliências que favoreçam a exibição. Fico ainda a pensar se essa febre do culto à beleza, também alcançasse as ondas cerebrais, com aplicação de silicone inteligente que enriquecessem a dieta dos neurônios. Ahhhh neurônios e suas neuróglias! Sujeito felizardo, pois bendito ainda és tu com todas as sinapses que te nutrem com o bom senso.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui