Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
101 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57502 )
Cartas ( 21184)
Contos (12607)
Cordel (10175)
Crônicas (22280)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44274)
Humor (18616)
Infantil (3901)
Infanto Juvenil (2847)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138230)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4980)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Campeonato de futebol Bidiônico -- 17/06/2018 - 12:25 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Campeonato de futebol Bidiônico

Os árbitros são formados pela Major Lalá, Eunuco, Caçapava e o juiz é Bidião. O juiz apita e é dada a largada! Corre pela direita João Mole que não aguenta o rojão e passa a bola pra Beiço Quente que atira pela lateral esquerda. Cascarol pega a bola e chuta pro alto e a bola cai na cabeça de Lalá que apita indicando falta contra ela. Apita novamente o juiz e a bola vai em direção de Passa em Frente que dá uma cruzada no Lezeiro que atravessa o adversário dando uma bicicleta e a bola vai direto para pernas de Dedão que sente bem no centro a entrada da bola vinda pela lateral esquerda dos fundos dianteiros e é dado pênalti ! São dois que vão participar desse processo, mas para acalmar os ânimos, é chamada a equipe de apoio neurológico para dar as instruções aos jogadores do que é direita, esquerda e o centro do gol. Também é chamada a equipe de pai Germano para dar as bênçãos sobre a bola e um chá de hortelã pra aliviar a dor de barriga do técnico. Tudo pronto e o Bidião apita, mas olha o que acontece: a bola tem um ataque de histeria em plena copa Bidiônica mundial! Gente, o que é que isso!!! Eunuco, pode uma coisa dessa!?!? A bola não querer sair do lugar, nem para direita nem para a esquerda, é muito menos em direção ao gol? Corre pra lá corre pra cá e Bidião se vê louco à procura de outra bola e eis que chega uma bola vinda direta da cidade de Itu que teve que ser empurrado por todos que estavam no campo. Lá pelas tantas, resolveram que sem bola não há jogo e sem união, não há partida. Só estrelas, e como elas ficam melhores no céu... é lá que elas devem ficar.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui