Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
102 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57505 )
Cartas ( 21184)
Contos (12608)
Cordel (10177)
Crônicas (22283)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13416)
Frases (44277)
Humor (18618)
Infantil (3903)
Infanto Juvenil (2848)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138234)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4981)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Leitura do diário de Padre Bidião -- 21/04/2018 - 08:49 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Leitura do diário de Padre Bidião

Foi colocado no dia de hoje um arsenal explosivo abaixo da cadeira do confessionário. Mas, o eunuco bidônico havia desconfiado durante a madrugada, um barulho estranho que vinha da paróquia e chegando lá, tratou de esconder-se para observar melhor a movimentação. Subiu ao local onde o coro das irmãs bidiônicas cantam durante as celebrações e viu uma figura vestida com capuz, o que dificultou a visualização do rosto. O invasor foi até o confessionário e entrou. Não demorou mais que alguns minutos e saiu apressadamente, antes que o alarme bidiônico disparasse. O eunuco desceu e foi ao local onde o suspeito(a) havia entrado. Vasculhou o compartimento e encontrou uma bomba que fora colocada abaixo da cadeira de Bidião.
Iniciaram-se as investigações para saber o porquê e quem havia feito tal delito. A investigação durou um mês, sendo descoberto o autor. Tratava-se de uma devota que havia revelado seus piores pecados, dentre eles, ela havia dito ao pároco( que, por ofício, não revela pecados de seus fiéis), o que havia feito com o gato da vizinha. Ela pegou o animal e costurou as patas numa máquina de costura. Felizmente, o animal se recuperou a tempo de resolveu tomar satisfação com a agressora. O animal arranhou todo o rosto dela, o que a tornou uma pessoa mais feia do que já era. Padre Bidião, defensor dos animais repreendeu a fiel agressora e a fez trabalhar numa ONG no resgate de animais expostos à violência doméstica. O que a desagradou muito pois pensara ela que ele iria passar como penitência, duzentas orações.
Resolvido o ato de pretensa violência, Padre Bidião cercou o confessionário com cerca elétrica para evitar outras investidas criminosas.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui