Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
111 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57377 )
Cartas ( 21181)
Contos (12602)
Cordel (10138)
Crônicas (22257)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44132)
Humor (18585)
Infantil (3846)
Infanto Juvenil (2802)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138545)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Tereza da Praia (*) -- 27/08/2010 - 14:04 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Tereza da Praia (*)


(Antonio Carlos Jobim/Billy Blanco)


Obrigado, amiga, você sempre gentil me faz relembrar coisas gratas da juventude. Que Deus a proteja e faça imensamente feliz.


Escutei diversas vezes essa canção, e parece que, passados tantos anos, ela está viva em minha memória.


Sem dúvida, presentes também estão aqueles momentos de sonho. Aliás, toda a obra do Jobim é um devaneio!


Cordialmente,

Benedito


______
(*) Tereza da Praia, recebido, nesta data, por e-mail, de amiga inesquecível.


Arranjei novo amor
No Leblon
Que corpo bonito
Que pele morena
Que amor de pequena
Amar é tão bom


Ela tem
Um nariz levantado
Os olhos verdinhos
Bastante puxados
Cabelo castanho
E uma pinta
Do lado
É a minha Tereza
Da praia


Se ela é tua
É minha também
O verão passou
Todo comigo
O inverno pergunta
Com quem
Então vamos
A Tereza
Na praia deixar
Aos beijos do sol
E abraços do mar



Tereza é da praia
Não é de ninguém
Não pode ser tua
Nem minha também
Tereza
É da praia


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 274 vezesFale com o autor