Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
166 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59111 )

Cartas ( 21236)

Contos (13108)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9435)

Erótico (13481)

Frases (46498)

Humor (19274)

Infantil (4456)

Infanto Juvenil (3718)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138219)

Redação (3052)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5520)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->NATAL SENTIDO. -- 04/12/2003 - 06:52 (Antonio Azevedo Maia) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.




NATAL SENTIDO









O demo criou o labirinto

Lá o homem escondeu o Natal

E que triste agora me sinto

Acreditem... Não vos minto...

Consumista e material...



Procura o homem conforto

Trilhando errado caminho

E bastava-lhe como o Menino

Sob o bafo campesino

Partilhar Amor com outrém...



Este arranjo Usinatal

Que duada Guia tem

Seja para todos sinal

Que a mensagem de Natal

Faz sempre feliz alguém...



Sou homem de boa fé

E de esperança também...

Não seja o Natal o que é

Mas como o desejou José

Esse humilde carpinteiro...



Haja paz no mundo inteiro

E nada falte de essencial...

É o meu desejo sincero

E se assim for... Espero

Haverá felicidade no Natal







António Azevedo Maia



O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui