Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
102 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57550 )
Cartas ( 21185)
Contos (12637)
Cordel (10186)
Crônicas (22292)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44326)
Humor (18630)
Infantil (3915)
Infanto Juvenil (2861)
Letras de Música (5480)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138276)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4994)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O massacre do comum -- 18/04/2018 - 06:53 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O massacre do comum

Em todos os lugares e atitudes, a homogeneidade do comum devasta a autenticidade do único, tornando-o desinteressante. Pensar por si próprio, vem sendo algo quase incomum e que muitas vezes, provoca julgamentos desnecessários(pra não dizer, invejosos pela autenticidade revelada). No comum, as ideias vão se liquidificando às demais dores disfarçadas de cheiro verde. Surge então o trivial que é bem mais fácil de manipular podendo-se inverter até a ordem dos fatores que dará no mesmo, ou seja, no comum. Mas com o passar do tempo, o comum também precisa ser reciclado até pra poder ganhar cara nova e então transformar o único em essencial para que a existência valha a pena.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui