Usina de Letras
Usina de Letras
47 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62410 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22546)

Discursos (3240)

Ensaios - (10450)

Erótico (13578)

Frases (50803)

Humor (20074)

Infantil (5487)

Infanto Juvenil (4811)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1377)

Poesias (140872)

Redação (3320)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6235)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->CORDEL EX-CASTRADO -- 12/08/2002 - 03:30 (Amaso Nib Nedal) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Voltei pra detonar
e Ex-Castrado vou chacoalhar
Esse pederasta é burro e pasta
ou escreve entopido de cachaça
continua a falar besteira
toda dia a mesma baboseira
Agride as mulheres que tentam debater
o seu negócio é botar pra fuder
mas não fode porque foi castrado
agora tirou o Castro para ficar casto
Mas na verdade tá é gasto
de tanto levar atrás do rabo
Gosta de achincalhar meninas
se não sabe falar muito menos fazer rimas
Cheguei para horrorizar
e este boiola dos pampas fazer calar
Parece papagaio sem rabo
de tanto talo no Kubalanga
Adora gravar para repetir
pois não sabe na escrita investir
Fala asneira de manhã,
à noite assenta na rolemã.
Quando diz bobagem de dia,
escorrega na bacia.
Quando diz merda de noite,
está desejando um macho para açoite.
Na madrugada sai para rodar bolsinha
mas nunca leva a camisinha:
É PORQUE JÁ FOI CASTRADO,
Não tem pau, nem bago.
Agora deixou de ser Castro
para ser só Castrado.
Não adianta santa!!! Serás sempre o meu castrado,
de tanto que lhe meto no rabo.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui