Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
111 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57492 )
Cartas ( 21184)
Contos (12620)
Cordel (10174)
Crônicas (22282)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44271)
Humor (18617)
Infantil (3899)
Infanto Juvenil (2844)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138240)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4979)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A rede de Padre Bidião -- 13/10/2017 - 15:02 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A rede de Padre Bidião


No vai e vem das confissões lá estou deitado ouvindo atentamente as queixas de vidas desperdiçadas no claustro solitário. Os ouvidos cheios de cera, pedem ao vigário para que o mesmo providencie uma limpeza no oráculo gratuito. Confissões de pecados, queixas e declarações um tanto ousadas, é assim a vida auricular de Padre Bidião. Mas tem momentos que o Padre já sente os efeitos de tanta sonoridade ao pé dos ouvidos que o fazem imediatamente levantar-se da rede por não estar mais entendendo o idioma das devotas estressadas. Segue então, rumo ao mar para descarregar tanta energia nele depositada. Pega o confessomóvel e sai a pedalar pelo calçadão em busca de paz e sossego para o bem de sua batina e descanso dos ouvidos.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui