Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
221 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57924 )
Cartas ( 21204)
Contos (12788)
Cordel (10233)
Crônicas (22049)
Discursos (3145)
Ensaios - (9188)
Erótico (13447)
Frases (45002)
Humor (18864)
Infantil (4083)
Infanto Juvenil (3105)
Letras de Música (5496)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138506)
Redação (2982)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2415)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5174)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Andando e defecando -- 10/10/2017 - 07:35 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Andando e defecando


Natural do ser, andar e defecar constituem uma das bases do comportamento fisiológico dos humananimais. No entanto, muitas vezes, a dor de barriga pode levar ao pódio ou a prisão. Mas, entre defecar ou outro termo que o caro leitor queira utilizar, melhor expelir e evacuar do local o mais rápido possível, ao invés de simplesmente filosofar na dúvida cruel entre fazer ou não. Andando e cagando, todos vão em frente na marcha ré pra frente de uma frente sem ídolos ou heróis da diarreia que acomete a saúde da cidadania. Cagando ou não, sempre teremos solidários à causa e defensores de que é melhor cagar do que ser acometido por uma prisão de ventre ideológica, nas lógicas surreais das privadas de cada um. Outro termo interessante é a boiar na merda, caso não disponha de um esgotamento sanitário da ideologia do que seria uma cidadania soberana, desde que não ocorra anal logias nas lógicas alheias à diarreia mental. Boiar então na merda é uma maravilha, visto que o grau de perfeição ao contrário tem mais autenticidade por ser extremamente natural.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui