Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
106 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10184)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44313)
Humor (18626)
Infantil (3911)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O inquilino -- 08/10/2017 - 11:09 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O inquilino


Em cada local, vive a habitar o que predisposto está a viver contribuindo ou não na existência temporária. Invade ou pede licença estabelecendo ali uma morada, sem data certa de partir. No ir e vir, retorna sempre ao local que jurou a si, ser o seu lar. Sentindo-se sempre bem-vindo, repousa o inquilino a carcaça pelo tempo consumida na dor do ser. Empresta-se e serve da essência que registra a infinita limitação de apenas viver a peça que lhe cabe no teatro da vida. Ele cobra a entrada e a saída sempre pela catedral de pé direito elevado que impede a visão real do ensaio geral. O andarilho inquilino da Santa Inquisição doa sem receio, seu tempo e oferece seu medo como oferta à fogueira da vida.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui