Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
105 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57505 )
Cartas ( 21184)
Contos (12608)
Cordel (10177)
Crônicas (22283)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13416)
Frases (44277)
Humor (18618)
Infantil (3903)
Infanto Juvenil (2849)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138234)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4981)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Os suspiros -- 19/09/2017 - 08:27 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Os suspiros

Do ar ofegante aos deliciosos doces, apresentam uma variância estatística que podem ir do amargo ao doce. Suspiros de enamorados hão de ser os melhores sabores da vida, suspiros por sonhos da projeção de uma vida adiante, suspiros por falta de fôlego e suspiros glicosados... a vida é feita de suspiros, de vontades, de desejos suspirados nas fases de lua, ou nos dias ensolarados ou não. Contanto que bem estar tragam aos que de passagem pela vida estão sinalizando ou não a oportunidade que a vida dá, de ser apenas feliz. À margem ou não, são salutares desde que do caminho não se perca, ou em se perdendo que não perca a essência boa de uma sensação de vida que segue livre. Suspiros de liberdade na busca por identidade numa fatalidade de acontecimentos que inspiram o vôo do poeta que solitariamente inspira poemas herméticos. Voando e suspirando em si, segue ele por pensamentos a serem delineados no papel que esquecido em algum lugar ficará, entretanto a essência do poeta hermético irá com ele, por ele e para ele.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui