Usina de Letras
Usina de Letras
70 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60244 )

Cartas ( 21285)

Contos (13380)

Cordel (10346)

Cronicas (22255)

Discursos (3185)

Ensaios - (9662)

Erótico (13517)

Frases (47988)

Humor (19476)

Infantil (4776)

Infanto Juvenil (4119)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139150)

Redação (3095)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5762)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Discursos-->Eu tenho um sonho (Martin Luther King) -- 23/08/2004 - 19:40 (CARLOS CUNHA / o poeta sem limites) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos












“Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados
por sua personalidade, não pela cor de sua pele.”


Martin Luter King






Luther King foi um líder negro pacifista e pastor norte-americano (1929-1968). Nasceu em Atlanta, na Georgia e formou-se em Teologia na Universidade de Boston. Sua primeira função foi a de pastor em 1954 e no ano seguinte liderou um boicote contra a discriminação racial que durou 381 dias.
Sua filosofia de não-violência é baseada em Gandhi e nos princípios cristãos.
Em 1960 conseguiu liberar aos negros o acesso aos lugares públicos. Em Washington dirigiu uma Marcha com 250 mil pessoas e proferiu um discurso contando seu sonho de ver os brancos e negros juntos. Desta Marcha resultou a Lei dos Direitos Civis (1964) e a Lei dos direitos de Voto (1965). Em 1968 ele ganhou o Prêmio Nobel da Paz.
Morreu assassinado em Memphis por um homem branco.




Aprendemos a voar como pássaros e a nadar como peixes, mas não aprendemos a conviver como irmãos.

A verdadeira medida de um homem não é como ele se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas como ele se mantém em tempos de controvérsia e desafio.

Sonho com o dia em que a justiça correrá como a água e a retidão, como um caudaloso rio.

Eu tenho um sonho de que um dia meus quatro filhos vivam em uma nação onde não sejam julgados pela cor de sua pele, mas pelo seu caráter.

Nossa geração não lamenta tanto os crimes dos perversos quanto o estarrecedor silêncio dos bondosos.

É melhor tentar e falhar que ocupar-se em ver a vida passar. É melhor tentar ainda que em vão, que nada fazer.

Eu prefiro caminhar na chuva a, em dias tristes, me esconder em casa. Prefiro ser feliz, embora louco, a viver em conformidade.

Mesmo as noites totalmente sem estrelas podem anunciar a aurora de uma grande realização.

Mesmo se eu soubesse que amanhã o mundo se partiria em pedaços, eu ainda plantaria a minha macieira.

O ódio paralisa a vida; o amor a desata. O ódio confunde a vida; o amor a harmoniza. O ódio escurece a vida; o amor a ilumina. O amor é a única força capaz de transformar um inimigo num amigo.

O perdão é um catalisador que cria a ambiência necessária para uma nova partida, para um reinício.

Nossa eterna mensagem de esperança é que a aurora chegará.



Trechos do famoso discurso pronunciado por Martin Luther King
pouco antes de ser assassinado






CARLOS CUNHA





CARLOS CUNHA / o poeta sem limites

(as páginas mais interessantes, coloridas e visitadas na USINA)


ERÓTICO

HUMOR

INFANTIL

CONTOS

POESIAS

OUTRAS CATEGORIAS DE TEXTOS









Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui