Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
100 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57516 )
Cartas ( 21184)
Contos (12610)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44291)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O papagaio de Padre Bidião -- 09/05/2017 - 14:47 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O papagaio de Padre Bidião


Semana passada, Padre Bidião foi a uma feira livre do Caratimbobó, e também de troca troca. Estava se sentindo um pouco solitário no claustro Bidiônico e sentiu a necessidade de compartilhar ideias e pensamentos com um papagaio que deu de cara na tal feira. Ao contrário dele, o papagaio muito falante, foi logo batizado pelo nome de Hermenegildo. Pois bem, ao chegar no Mosteiro, Bidião tratou logo de mostrar as regras da nova moradia ao penoso. De vida profana, a ave costumava sair à noite com o antigo tutor e discutir questões sobre a atual gestão municipal e servir de conselheiro sentimental aos admiradores da pinga. No novo lar, a mudança seria radical, por ser um ambiente de encontro espiritual e por isso mesmo silencioso. No café da manhã, foi logo exigindo um torresminho básico para o dejejum. Mas o café era feito à base de opções mais saudáveis tais como água com limão e iogurte com granola. Resmungou e não quis. Mais tarde, perto da hora do almoço Hermenegildo começou a desgostar as paredes do convento. Ao chegar para almoçar, Bidião notou que havia um trabalho de escultura artesanal feito à bico. Resolveu falar com o papagaio que foi logo avisando: " se gostou, pague logo com o torresmo."
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui